Belém, capital do Pará

Thumb

A fundação da cidade de Belém data de 1616, quando foi construído o Forte do Presépio, ao redor do qual surgiu o núcleo que mais tarde se transformou na cidade de Santa Maria de Belém do Grão Pará.

Localizada em plena faixa equatorial, junto à Baia de Marajó e ao Rio Pará, tendo ao sul o Rio Guamá e a oeste a Baia de Guajará, está assentada sobre terraços cujas altitudes variam de 7 a 14 metros.

Um dos marcos da cidade é o mercado Ver-o-Peso onde centenas de barcos aportam, oferecendo seus produtos, incluindo as deliciosas frutas, peixes, comidas típicas e artesanato. Suas construções históricas merecem ser visitadas, dentre elas, o Teatro da Paz.

As Igrejas são belíssimas, merecendo destaque a Igreja das Mercês, do século XVII e a Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, onde anualmente termina a grande procissão do Círio de Nazaré.

Belém conta com um dos museus mais importantes do Brasil, o Museu Emílio Goeldi, ativo centro de pesquisa sobre a fauna, flora, etnologia e geologia regional, que possui a maior coleção de plantas tropicais do mundo, um jardim zoo-botânico, excelente biblioteca, e uma rica coleção de cerâmicas e objetos Marajoara.

Belém é uma cidade de traçado diferente, com ruas arborizadas, praças e parques. também é conhecida como a cidade das Mangueiras pela grande quantidade dá árvore que arboriza as principais avenidas da cidade.

Poderão ser visitados, ainda, próximas de Belém, a Vila de Icoaraci e a Ilha do Mosqueiro.

Como um dos Portões de Entrada da Região Norte, é servida regularmente por vôos de importantes capitais brasileiras. Em seu porto, um dos principais da Amazônia, ao lado do Porto de Manaus, há embarcações com linha para as principais cidades da região.


Na capital do Pará há importante acervo histórico, com centenas de construções que lembram o período áureo da borracha, quando a região amazônica conheceu grande prosperidade pela venda do látex, produto que era extraído das seringueiras e vendido aos mercados internacionais.


Na cidade, há grande variedade de hotéis e muitos pontos turísticos que merecem ser visitados, além de oferecer uma deliciosa comida típica, com destaque para maniçoba, pato no tucupi, doce de cupuaçu, além de enorme variedade de pratos preparados à base de peixes.


 



» Conheça Também

Thumb2

Índios

Guajajara, índios maranhenses

Os Guajajara são um dos povos indígenas mais numerosos do Brasil.
Habitam 11 Terras Indígenas na margem oriental da Amazônia, todas situadas no Maranhão. Sua história de mais de 380 anos de contato foi marcada tanto por aproximações com os......

Leia Mais

Thumb2

Lugares históricos

Igrejas de Belém

As igrejas de Belém guardam as relíquias da colonização portuguesa , presentes em cada detalhe das linhas arquitetônicas, em grande parte com a assinatura do arquiteto que se imortalizou em vultuosas obras no Pará, o italiano Antônio José Landi.......

Leia Mais