Turismo no Amazonas

Thumb

Amazonas é o maior Estado do Brasil . Por sua localização na Floresta Amazônica, detém a maior parte da biodivesidade do bioma, dentre os estados brasileiros. Possui rios amplos e caudalosos e em sua paisagem natural diversificada há lagos, igarapés e cachoeiras.

O Estado possui uma área de 1.57 milhões de quilômetros quadrados, possuindo nas águas de seus rios e na diversidade de paisagens naturais seus grandes atrativos ecoturísticos, sendo a floresta e seus atrativos sua maior atração turística. Para isso, conta com grandes empreendimentos hoteleiros no meio da floresta, os chamados ecolodges, ou hotéis de selva.


 O Amazonas tem como portão de entrada a capital , Manaus, uma cidade que cresce a cada dia e que já conta com quase 2 milhões de habitantes, possui moderna infraestrutura hoteleira, grandes shoppings centers, parques, praças, museus,teatros e cinemas, zoológicos, além de intensa programação cultural, ao longo de todo o ano, destacando-se os Festivais de Ópera em Abril, o Festival de Jazz, em julho, o Festival de Cinema, em novembro, dentre outros, todos realizados por meio da Secretaria de Cultura do Amazonas.

Veja o site do Festival Amazonas de Ópera em 2009:


Na capital, as operadoras de turismo fazem passeios de barcos pelas redondezas de Manaus, que possui em seu entorno inúmeras atrações turísticas que valem à pena ser conferidas. São passeios que duram o dia todo ou até mesmo dias, onde se pode participar de pescarias, visitar casas de artesanato,  comunidades indígenas,hotéis de selva, restaurantes flutuantes. Em tais passeios, a própria natureza é um espetáculo à parte.


O Amazonas possui ainda 14 municípios em seu pólo ecoturístico: Autazes, Barcelos, Careiro, Careiro da Várzea, Iranduba, Manacapuru, Novo Airão, Itacoatiara, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Silves, Santa Isabel do Rio Negro e São Gabriel da Cachoeira. A maior parte desses municípios está concentrada nas margens dos três maiores rios da Amazônia: o Negro, o Solimões e o próprio Amazonas.


O polo amazonense tem também como marca uma grande concentração de unidades de conservação formando a maior área protegida do planeta (5,7 milhões de hectares), como o Parque Estadual do Rio Negro, a Reserva Ecológica Sauim-Castanheira, a Estação Ecológica das de Anavilhanas e o Parque Nacional do Jaú, transformado no Patrimônio Natural da Humanidade formando uma das maiores áreas protegidas de florestas tropicais do mundo.


Aproximadamente a 10 quilômetros de Manaus, ocorre um dos grandes espetáculos naturais da Amazônia: o Encontro das Águas escuras do rio Negro com as águas barrentas do Solimões, que fluem por cerca de sete quilômetros antes de se misturarem, onde a observação de aves e botos é um atrativo adicional.


Ainda próximo a Manaus, rio Negro acima, está o Arquipélago de Anavilhanas, um paraíso para biólogos e ecologistas, composto por cerca de 400 ilhas, centenas de lagos e igarapés, ricos em espécies animais e vegetais. É considerado um paraíso para conservacionistas.


O regime de cheia do rio condiciona a vida selvagem no arquipélago: durante as cheias, de novembro a abril a julho, apenas metade das ilhas ficam visíveis, se transformando em refúgios para a vida animal.


Quando as águas baixam, as ilhas submersas reaparecem e, com elas, volta à cena uma imensa variedade de animais, facilmente observáveis. Banhados pelo rio Negro, Novo Airão e Barcelos têm em comum parte de seu território ocupado pelo Parque Nacional do Jaú e a histórica ruína de Airão Velho resquício ruínas históricas dos primórdios da ocupação européia na região.


Seus inúmeros igarapés e lagos, que formam paisagens idílicas e singulares, e suas festas religiosas são atrativos extras.


Ainda em Barcelos, encontramos a maior cachoeira do Brasil na Serra do Aracá com 396 metros de salto e o maior arquipélago fluvial do mundo Mariuá, com 1.700 ilhas.


Também banhados pelo rio Negro, Santa Isabel do Rio Negro e São Gabriel da Cachoeira são os municípios mais distantes da capital, os quais abrangem em seus territórios e estão próximos ao Parque Nacional do Pico da Neblina, onde estão os dois pontos mais elevados do território brasileiro o próprio Pico da Neblina e o Pico 31 de Março.


Os municípios de Autazes, Careiro, Rio Preto da Eva e Presidente Figueiredo são os únicos do pólo que estão fora da influência direta dos três grandes rios amazonenses.


Situado as margens da rodovia BR 174 que liga Manaus à Boa Vista (RR), e distante dista 107 km da capital, Presidente Figueiredo tem como atrativos rios encachoeirados, cavernas e sítios arqueológicos.


Os demais municípios Silves, Manacapuru, Careiro da Várzea, Iranduba e Itacoatiara acolhem unidades de conservação em seus territórios, como lagos, rios e igarapés de grande beleza. Além dos atrativos naturais, o Amazonas exerce culturalmente, enorme fascínio e encanto em função das inúmeras lendas e mitos oriundos de seus habitantes indígenas.


Representa ainda a maior congregação da diversidade étnica do país e conseqüentemente a lingüística, perfazendo aproximadamente 300 etnias distintas, inclusive com grupos ainda sem contato com a civilização.


Aeroporto de Manaus


O Aeroporto Internacional de Manaus recebe diariamente uma média de 50 vôos, provenientes de várias capitais brasileiras e do exterior. O tempo de duração do vôo entre Brasília e Manaus é de aproximadamente 3 horas. A capital do Amazonas também possui voos diretos para São Paulo, Rio de Janeiro,Brasília,Campinas, Belém,Santarém, países da América Latina e América do Norte.


A capital recebe também barcos e navio vindos procedentes de cidades da região e navios de grande porte provenientes de diversos países.


Embora os municípios que integram o Pólo Ecoturístico do Amazonas sejam servidas por empresas aéreas regionais, o transporte fluvial é a modalidade predominante. As embarcações partem do Porto de Manaus com destino a todos os municípios amazonenses e paraenses.


No entanto, Manacapuru, Rio Preto da Eva, Presidente Figueiredo e Itacoatiara tem seu acesso facilitado por rodovias federal e estadual. podem ser alcançadas por estradas que partem de Manaus.


De Manaus também pode se chegar a Boa Vista, em Roraima, pela BR 174-Manaus Boa Vista, chegando até mesmo a Venezuela.


Informações turísticas:


Centros de Atendimento ao Turista - CATs


Os Centros de Atendimento ao Turista (CAT) e os Terminais Fluviais Turísticos (TFT) funcionam como postos de informações e serviços aos visitantes, com atendentes bilíngues que fornecem informações sobre voos nacionais e internacionais, empresas de transporte terrestre, agências de viagem, hotéis, restaurantes, casas noturnas e pontos turísticos, e informações gerais sobre a cidade.


 CAT ? Av. Eduardo Ribeiro - Manaus

Avenida Eduardo Ribeiro, 666 ? Centro
Fone:+55(92) 3182-6250 Fax: 3182-6251
Horário de Funcionamento:8 às 17h segunda a sexta e sábado: 8 às 12h


CAT ? Aeroporto Internacional Brigadeiro Eduardo Gomes - Manaus

AvenidaSantos Dumont, s/n ? Flores
Fone:+55(92) 3182-9850 Fax: +55 (92) 3182-9860
Horário de Funcionamento:24 horas
 
CAT ? Amazonas Shopping-Manaus

AvenidaDjalma Batista, 482 ? Chapada
Horário de Funcionamento:9 às 22h segunda a sábado / domingo e feriados: 15 às 21h
 
CAT ? PAC PORTO (Área Regional)-Manaus

Rua Marquês de Santa Cruz, s/n ? Centro
Fone:+55(92) 3182-7950
Horário de Funcionamento:8 às 17h de segunda a sexta
 
CAT ? Parintins - Amazonas

Avenida Jonathas Pedrosa, 2471 ? Centro
Fone:+55(92) 3533-4400
Horário de Funcionamento: 8 às 12h e 14 às 16h segunda a sexta
 
CAT ? Manacapuru - Amazonas

Rodovia Manuel Urbano, s/n, km 84, próximo à entrada da cidade
Fone: +55(92) 9627-4817


CAT ? Barcelos - Amazonas

Av. Ajuricaba, s/n ? Centro
Fone: +55(97) 3211-1101
 
CAT ? Presidente Figueiredo - Amazonas

BR-174, km 107, s/n ? Centro (atrás da Igreja Municipal)
Fone: +55(92) 3324-1308
 
CAT ? Iranduba - Amazonas

Rodovia Manoel Urbano (AM-080), km 2 ? Distrito de Cacau Pirêra
 
CAT ? Novo Airão - Amazonas

Av. Ajuricaba s/n (próximo à Delegacia do município)
Fone: +55(92) 3365-1391 (prefeitura


Atrativos turísticos em Manaus


Festival Amazonas de Ópera


A partir da segunda quinzena de abril, a capital amazonense se transforma na capital da música erudita. Nos mais de vinte espetáculos, milhares de pessoas contemplam apresentações em espaços abertos e fechados, com artistas renomados do cenário internacional, nacional e local.

Amazonas Film Festival


Festival internacional que destaca filmes de aventura em todas as suas manifestações, enfatizando temas da natureza e meio ambiente. Realizado pela Secretaria de Cultura no mês de novembro.


Boi Manaus


A festa, realizada no final do mês de outubro, comemora o aniversário da cidade de Manaus, levando em três dias consecutivos milhares de brincantes ao Centro Cultural de Manaus Umberto Calderaro (Sambódromo), para dançar o boi-bumbá.

Feira Internacional da Amazônia


  Promovida anualmente pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), a Feira Internacional da Amazônia (Fiam) tem como objetivo promover estratégias na exportação de produtos e captar investidores estrangeiros.

Para visitar:

Encontro das Águas


Fenômeno natural provocado pela confluência das águas escuras do rio Negro com as águas pardas do rio Solimões, que se juntam para formar o rio Amazonas. Por uma extensão de 6 km, as águas dos dois rios correm lado a lado sem se misturarem. Todas as agências de viagens possuem barcos que fazem o passeio turístico.

Praia da Ponta Negra


Localizada a 13 km do centro de Manaus, sua orla totalmente urbanizada possui quadras esportivas de areia, ciclovia, mirante, playground, posto médico e um amplo calçadão com bares, restaurantes e lanchonetes. Fica localizada próxima ao Hotel Tropical, o maior hotel horizontal do Brasil.

Teatro Amazonas

 Construído em plena floresta amazônica, na época do ciclo da borracha, ele é a principal referência da cultura do Amazonas. 
Saiba mais sobre o Teatro Amazonas, clique aqui

Centro Cultural Povos da Amazônia

Localizado na ?Bola da Suframa?, trata-se de um espaço de pesquisa, educação e entretenimento dedicado à Amazônia e seus habitantes.

Palácio Provincial










Localizado na praça da Polícia, abriga vários museus e a pinacoteca do Estado. Saiba mais sobre o Palácio Provincial, clique aqui

Centro Cultural Palácio Rio Negro


Por muitos anos foi sede do Governo Estadual. Atualmente é palco de exposições, shows musicais e teatro.
 
Centro de Artes Usina Chaminé


No passado foi uma importante estação de tratamento de esgotos, hoje representa um belo espaço para apresentações artísticas.

Centro de Artesanato Branco e Silva


Qualquer produto tipicamente regional poderá ser encontrado neste local, onde há grande variedade de produtos artesanais.

Jardim Botânico Adolpho Ducke


É o maior jardim botânico do mundo, com uma grande riqueza de flora e fauna.

Parque do Mindu


 É um dos últimos refúgios do sauim-de-coleira, macaco que só existe na região de Manaus e que está ameaçado de extinção. Possui trilhas para passeio, lanchonete e extensa área de lazer.


Parque Ponte dos Bilhares

 Possui quiosques de cozinha regional, equipamentos para ginástica, bicicletário, praça de skate, pista para caminhada e de ciclismo, lago artificial, chafariz e playground. 


Bosque da Ciência do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa)

Possui viveiro de ariranhas e jacarés, tanques de peixe-boi, Casa da Ciência, trilhas educativas, orquidário e bromeliário.


Zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs)


Aberto à visitação pública, é administrado pelo Exército Brasileiro e possui cerca de 300 espécies de animais da fauna amazônica, destacando-se os macacos, onças, ariranhas, cobras, jacarés, araras, antas e jabutis. A maioria desses animais que é capturada pelos Institutos Ambientais passa a ser tratado no CIGS e alguns deles são devolvidos ao seu habitat natural


Mercado Municipal Adolpho Lisboa


Inspirado no Mercado de Les Halles de Paris, foi o segundo mercado construído no Brasil, inaugurado em 1882. Em estilo Art Noveau, sua estrutura é em ferro fundido e vidros coloridos. Popularmente conhecido como mercadão, é a principal porta de entrada da produção pesqueira e rural do Estado.


Igreja de São Sebastião


Construída em 1888, faz parte do complexo arquitetônico do Largo de São Sebastião e do Teatro Amazonas.


Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição


Construída em 1695, foi a primeira igreja construída em Manaus


Porto Flutuante de Manaus


Projetado e construído pelos ingleses, é uma interessante obra de engenharia, oscilando com a subida e descida das águas do rio Negro.


Praia do Tupé


Localizada a 34 km de Manaus, a praia é bastante procurada por banhistas nos feriados e finais de semana. O acesso é feito exclusivamente por via fluvial.


Praia da Lua


Localizada a 23 km de Manaus, a praia tem o formato de uma lua em quarto crescente e possui vegetação de rara beleza natural.
 


 


 


 




 



» Conheça Também

Thumb2

Lugares históricos

Casa do Restauro

Inaugurada em 4 de novembro de 2001, por ocasião das comemorações do Dia Nacional da Cultura e representa importante componente do cenário cultural e histórico da cidade de Manaus. Edificação datada do início do século XX, foi erguida para a......

Leia Mais

Thumb2

Lugares históricos

Real Forte do Príncipe da Beira

O Real Forte do Príncipe da Beira foi construído durante governo de Luiz Pereira de Mello e Cáceres, governador de Mato Grosso durante 17 anos (1772/89). Coube-lhe a escolha da designação do Real Forte do Príncipe da Beira, em homenagem ao......

Leia Mais