Andiroba

Thumb

A semente da andiroba, que é coletada quando os frutos caem no chão, possui um óleo conhecido na região como azeite de andiroba. Ele é utilizado na indústria em cremes, shampoos, pomadas e sabonetes. Os indígenas também usam o óleo em uma mistura com corante de urucum e passam no corpo para repelir insetos e proteger-se do sol. Algumas indústrias de vela também usam o produto na fabricação, pois acredita-se que o cheiro da vela queimada também repele os insetos.


Uma única árvore pode produzir até 200 quilos de amêndoas em um ano, gerando cerca de sete litros de óleo. A planta ocorre em toda a região amazônica. 

A árvore da Andiroba ocorre em toda a Amazônia, nas matas de várzeas ou regiões alagadiças dos rios, às vezes formando pequenas aglomerações. Existe ainda nas Antilhas, Nicarágua, Peru, Suriname, Guianas, África Tropical, Colômbia e Venezuela.

* NOME CIENTÍFICO : Carapa guianensis Aubl.

* FAMÍLIA: Meliaceae

* NOMES COMERCIAIS: Andiroba, carapa, andirova, cedro-macho, fiqueroa, tangaré, andiroba-branca,a. do igapó, a. vermelha, angirova, comaçari, mandiroba, yandiroba, carapá, carapinha, gendiroba, jandiroba, penaiba, purga de Santo lnácio, abomidan, caraba.

* ORIGEM: Ocorre em toda a Amazônia, nas matas de várzeas ou regiões alagadiças dos rios, às vezes formando pequenas aglomerações. Existe ainda nas Antilhas, Nicarágua, Peru, Suriname, Guianas, África Tropical, Colômbia e Venezuela.

* HABITAT: Em toda a Amazônia, nas matas de várzeas e nas faixas alagáveis ao longo dos rios e igarapés.

* ÁRVORE : Árvore de porte grande com crescimento rápido, chegando a medir até 30 m de altura,casca cinzenta, amarga e grossa.Espécie de grande valor pela abundância e teor oleaginoso de suas sementes e largo uso de sua madeira.Folhas compostas, com pecíolos longos, alternas, com 30-60 cm de comprimento e até 50 cm de largura.Flores pequenas, amarelas e vermelhas, axilares.Frutos, cápsulas globosas deiscentes, com 6-8 cm de diâmetro, no seu interior encontra-se 8-16 sementes, com casca coriácea, furrugínea e polpa branca, tenra, amarga, com 70% de um óleo espesso, de cor amarelo-escuro, excelente para saboaria e iluminação, usado ainda na medicina indígena associado ao "urucu" com preventivo as picadas de insetos e penetração do "bicho do pé".

* CARACTERÍSTICA GERAIS: Cerne marrom-escuro ou marrom-avermelhado, distinto do alburno castanho-pálido ou cinzentado.Grã direta tendendo a revessa, textura média, brilho moderado e cheiro imperceptível.Considerada sucedânia do mogno ( swietenia macrophylla ) e do cedro ( cedrela spp. ).

* SECAGEM: Muito rápida em estufa, apresentando rachaduras, encanoamento e torcimento moderados, no programa de secagem 1.A combinação de secagem ao ar e em estufa dá resuldados satisfatórios, especialmente quando se utiliza temperaturas mais baixas e alta umidade durante o estágio inicial de secagem em estufa.

* USOS : Construção civil ( vigas, caibros, ripas, esquadrias de portas, lambris, venezianas, batentes, caixilhos, rodapés, guarnições, molduras ), móveis, lâminas, compensados, caixas de embalagem, acabamentos internos de barcos e navios e outros.

* USO MEDICINAL: A casca como as folhas, depois de cozidas são utilizadas como febrífugo e anti-helmínticas ou para lavagem das úlceras, contra impetigo e outras doenças.


Escreva para portalamazonia@redeamazonica.com.br e entre em contato com a redação do Portal Amazônia 



» Conheça Também

Thumb2

Plantas

Bacaba

Família: Arecaceae Nome científico: Oenocarpus bacaba Mart. Nome comum: Bacaba, bacaba-açu, bacaba verdadeira (Brasil) A bacaba é uma palmeira nativa da Amazônia. Distribui-se por toda Bacia Amazônica, com maior freqüência no Amazonas e Pará.......

Leia Mais

Thumb2

Lendas

Lenda da Cestaria

Ela tinha um comprimento fora do comum. A pele, desde a cabeça até o final do corpo, apresentava as cores vermelha e preta. E reunia características da sucuriju e da jibóia. Tuluperê virava embarcações que navegavam nas águas dessa divisa e,......

Leia Mais