Instituto Butantã

Thumb

 


 


O Instituto Butantã é um centro de pesquisa biomédica vinculado à Secretaria da Saúde do Governo do Estado de São Paulo. Um surto de peste bubônica que se propagava no porto do Santos em 1889, levou o governo a adquirir a Fazenda Butantã para instalar um laboratório de produção de soro (hoje Instituto Adolpho Lutz).Esse laboratório foi reconhecido como instituição autônoma em fevereiro de 1901, sob a denominação de Instituto Seroterápico, sendo designado para primeiro diretor, Vital Brazil Mineiro da Campanha, médico voltado para problemas de saúde pública. Graças ao idealismo de Vital Brazil, que além da produção de soros e vacinas, também se preocupava em desenvolver pesquisas, o Instituto tornou-se internacionalmente reconhecido. Em 1914 foi inaugurado o prédio principal, com as condições necessárias para abrigar os laboratórios, em torno dos quais cresceu uma instituição que combina pesquisa e produção.


O Instituto desenvolve estudos e pesquisa básica na área de Biologia e de Biomedicina, relacionadas, direta ou indiretamente, com a saúde pública. Produz vacinas e soros para uso profilático e curativo. Realiza missões científicas no país e no exterior. Colabora com órgãos da Secretaria da Saúde e do Ministério da Saúde no combate a surtos epidemicos. Realiza cursos especiais e publicações sobre suas áreas de atuação, que são oferecidos a empresas, estudantes, militares e à população em geral. No programa de formação de recursos humanos, cursos e estágios de aperfeiçoamento são proporcionados aos seus técnicos e aos de outras instituições.Hoje, tendo por principio o desenvolvimento harmônico e integrado da pesquisa científica e tecnológica, os trabalhos realizados e a qualidade dos imunobiológicos produzidos espelham a competência de seus cientistas e técnicos, que nos seus 100 anos fazem o renome do Instituto Butantã.


A eficiência no uso dos recursos orçamentários e extras orçamentários e a reaplicação dos recursos decorrentes da comercialização de soros e vacinas, têm permitido o desenvolvimento de novas iniciativas do Instituto Butantã, integrando Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico, Produção de Imunobiológicos e Difusão Cultural.


Profalaxia-parte da medicina que trata de medidas preventivas contra enfermidades a fim de evitar doenças.


A PRODUÇÃO DE SORO ANTIOFÍDICO


O instituto Butantã foi fundado em são Paulo. Seu primeiro diretor foi Vidal Brasil (1865-1950) médico e cientista mineiro, pioneiro na preparação de soros contra veneno de cobras. Entre os soros antiofídico que o instituto produz, estão as seguintes:
Soro antiofídico polivalente - neutraliza o veneno da jararaca, urutu e cascavel;
Soro antibrotopico: neutraliza o veneno de jararaca e urutu;
Soro anticromatico: neutraliza o veneno da cascavel;
Soro antielapidico: neutraliza do veneno do coral verdadeira;


A preparação do soro é feita da seguinte maneira: Inoculam-se pequenas doses para a produção de anticorpos. Durante o período em que as doses vão sendo gradativamente aumentadas, são realizadas sangrias de provas, isto e retira-se certa quantidade de sangue do cavalo e faz-se a dosagem de sua capacidade de neutralizar a ação do veneno.Se a quantidade de anticorpos produzidos pelo cavalo for satisfatória retira-se uma quantidade de sangue do animal proporcional ao seu peso. Em seguida é feito o fracionamento (separação das partes).


 



» Conheça Também

Thumb2

Museus

Museu Moacir Andrade,Manaus

O Museu Moacir Andrade, localizado no Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET), antiga Escola Técnica Federal do Amazonas, possui um acervo de telas, fotos, livros, correspondências com personalidades da arte mundial, que têm como pano de......

Leia Mais

Thumb2

História

Soldados da Borracha

Soldado da Borracha é o nome dado aos seringueiros que foram chamados pelo governo a irem para a Amazônia trabalhar na produção de borracha para atender a grande demanda e insuficiente produção na época da Segunda......

Leia Mais